sexta-feira, 31 de outubro de 2008

MAGIAS PARCIAIS DE TOM ZÉ NA TERRA DOS ARAÇÁS


MAGIAS PARCIAIS DE TOM ZÉ NA TERRA DOS ARAÇÁSAinda na segunda-feira, recebi email de Tânia (um dos braços de apoio de Tom Zé) me informando que o mestre de Irará, iria tocar em Araçatuba,no dia 30 de outubro (quinta-feira) com banda, e apresentação preliminar de artistas de teatro e poetas como Chacal, Fausto Fawcett,e Kadão Volpato. Coloquei a agenda de shows do TOM ZÉ em meu blog,como de costume,avisei amigos da cidade e de outras regiões e capitais. As pessoas se aglomeravam para ver e ouvir o grande ícone da tropicália. Cheguei e fui conversar com Tom Zé e a sempre simpática Dona Neusa (esposa de Tom Zé), e braço fundamental para saber algo sobre ele e sobre o andamento dos shows. Tom Zé está acompanhado por uma banda muito eficiente, e bem ensaiada) abrindo o espetáculo com "2001" (tom ze/rita lee), um clássico do pop que marcou também a carreira dos MUTANTES,no final dos anos 60. Tom Zé brinca, fala com a platéia, domina o palco, tudo que o envolve,porque seu trabalho além da qualidade musical que o glorifica, parece também ser um performer,um ator. E olhem,que ele já é um mocinho com muitos anos de carreira musical nas costas,trabalhando como uma formiguinha, sem cessar. Apresentou músicas do ESTUDANDO O PAGODE (pra mim, esse disco é um dos mais importantes da história da música,brasileira e mundial), e antigos clássicos do genial disco TODOS OS OLHOS, como é o caso de "Augusta,Angélica e Consolação". Meus amigos estavam lá:fernando dagolds e tereza, herialdo dantas,carlinhos e tamires,igor (Caasp),o poeta Edson (áfrica), marcelino duarte, julio carlos, giovane, Liliam, Laís,e dezenas de outros. Queriam ver TOM ZÉ, uma dádiva para a cidade num momento tão crítico, tão carente de arte e brilho. TOM ZÉ é também um brilho de diamante na escuridão dos caminhos desse país gigante e adormecido. Quando ele canta o pop COMPANHEIRO BUSH, investe divinamente na sátira sobre os perigos de um possivel bombardeamento ianque em várias partes do planeta,inclusive em Araçatuba .TOM ZÉ é plural, sempre musicalmente próximo das antigas lavadeiras de Irará, preciso como um golpe, sereno como um movimento do tai chi.Aliás, disse para dona NEUSA que o tai chi chuan talvez tenha ajudado muito TOM ZÉ a superar os desgastes dos shows e da correria toda desses tempos. Ela me presenteou com o maravilhoso cd DANÇ-ÊH- SÁ, sete cayminianos para o fim da canção. Um cd que ouço nesse instante, sem o uso das palavras TOM ZÉ é todo rítmo,sons e magias parciais tomzenianas. Somente um gênio como ele, Arnaldo Baptista ou Hermeto, possuem a ousadia e a luz para iluminar e dinamitar esse século. Voltamos todos enfeitiçados e felizes para nossas casas. TOM ZÉ, rosto suado, sempre valente, tocava o coração de todos como se fosse a primeira vez.
EVERI RUDINEI CARRARA:músico ,editor,consul dos poetas del mundo em Araçatuba/sp: fone 36212627/ 3625 7657

3 comentários:

Talma disse...

Gosto dos Anjos...
Que são só pele e osso
de barbas ralas e cabelos revoltos,
que se compadecem das meninas
que recebem em suas entranhas pequeninas
o produto imenso do bruto externo
pra salvar sua família da miséria...
e aumentar o produto interno bruto

que cuidam das rosas, mesmo depois
de não serem mais suas...
gosto dos anjos com cara de povo faminto
e que fazem malabarismos sonoros...

gosto dos anjos que esbravejam
com a pureza da ironia infantil

gosto dos anjos de olhos arregalados
de tanto enxergar o mundo
...é um gosto que tenho,
gostar de Tom Zé!

tom ze disse...

Everi, meu caro, agradeço você ter ido ao show, e seus comentários que li hoje..
Novamente, fico-lhe muito grato pela atenção, peço que estenda o agradecimento a seus amigos.
Tenha um ótimo fim-de-semana, obrigado,
Tom Zé,1 de novembro de 2008

Talita disse...

Aeeee, Everi! Tbm estive por lá e consegui dar um abraço no herói! Estou em órbita ainda. Abração!